Portal Online

É possível aumentar o tamanho do pênis?

Tamanho do pênisAs vezes adornado com pequenos apelidos carinhosos, o pênis, mais precisamente seu tamanho, é frequentemente uma das preocupações masculinas.

Desde o início dos tempos, há comparação do órgão com o de outros homens… É menor? Mais curto? Como posso fazer para aumentar ou engrossar?

Sim, o tamanho do pênis preocupa os homens e uma minoria de mulheres, pelo menos de acordo com várias pesquisas.

Alguns estão muito felizes com o tamanho do seu órgão. Outros se gabam dele. Em contradição, há aqueles que têm um pênis menor e querem saber como aumentar o pênis rapidamente.

Na cabeça

De acordo com especialista, ironicamente, muitos homens que fazem consultas para falar do tamanho de seu pênis enfrentam uma dura realidade: a de que seu pênis é normal.

Tudo bem, alguns são menos bem dotados pela natureza, mas os diagnósticos de micropênis são muito raros. Apenas 25 entre 1000 homens lutam contra esse problema.

Na realidade, o pênis normal mede entre 11,7 (4,6 polegadas) e 15,2 cm (5,98 polegadas) na ereção, pelo menos em 68% dos homens, para um diâmetro que varia entre 3 e 4 cm ( 1,18 a 1,57 polegadas).

Portanto, se as dimensões do seu órgão masculino estiverem nessa faixa, é provável que seu médico o mande para casa e se você insistir, ele provavelmente vai recomendar que consulte um psicólogo.

Cirurgia

Existem métodos eficazes para aumentar o tamanho do pênis, mas são poucos. Entre estes, há cirurgia que corta os ligamentos que unem o pênis ao osso púbico para “redesenhar” a parte interna do órgão masculino.

O órgão masculino ganha cerca de dois centímetros, mas sua circunferência permanece a mesma.

No entanto, a ereção pode ficar instável para um em cada cinco homens.

Também é possível engordar o corpo do homem para injetar banha no órgão reprodutor. O pênis então ganha de três a cinco centímetros de circunferência.

Cada um desses métodos requer um repouso sexual de, pelo menos, duas semanas. Complicações, em compensação, são possíveis, como em todos os casos de cirurgia.

Para aumentar o tamanho de um micropênis, existe uma prótese peniana que, implantada no órgão, mantém em um estado de semi-ereção. Mas este método só é aplicado a pênis muito menores que a média.

Por que o pênis não cresce mais?

O hormônio do crescimento chamado somatotropina estimula o crescimento celular. É secretado pela parte anterior da glândula pituitária. Tem consequências gonadais, como o desenvolvimento e manutenção do tamanho do pênis.

Há uma regressão da secreção desses hormônios no final da puberdade. A medida definitiva pode ser obtida mais ou menos por volta dos 18 anos de idade

Cautela

Entre os métodos sugeridos na web, você vai encontrar envoltório do corpo quente, masturbação com urtigas (urh!), cremes e/ ou medicamentos naturais ou químicos, até mesmo injeções de azeite, cera de abelha ou silicone.

Dos outros métodos propostos, os extensores penianos parecem ser os mais eficazes. Embora caros, esses extensores para alguns, há relatos dor insuportável, enquanto outros não viram progresso significativo.

Esses métodos não produzem resultados significativos, de acordo com estudos sérios e eles não são recomendados pelos médicos.

Algumas dicas

Todo mundo sabe que é o influxo de sangue no pênis que garante a ereção.

Um estilo de vida saudável e atividade física melhoram a circulação sanguínea e, por sua vez, afetam o tamanho do sangue.

Atitudes simples (como essas abaixo) podem influenciar no tamanho total do seu pênis:

  • Pratique regularmente alguma atividade física;
  • Tenha uma dieta saudável e equilibrada;
  • Evite fumar;
  • Moderar seu consumo de álcool;
  • Evite estresse e ansiedade.

O tamanho e as mulheres

Aumento penianoÉ interessante que você saiba que nas mulheres, as terminações nervosas são agrupadas principalmente no primeiro terço da vagina e se adapta a todos os tamanhos de pênis.

Além disso, o tamanho do pênis não é tão importante para a mulher.

O importante é sua aparência geral, sua maneira de fazer amor, as preliminares e os sentimentos de amor.

Além disso, muitas mulheres temem sentir dor durante o sexo com um homem que tem um pênis maior que o normal.

Os problemas em relacionamentos que tem relação com pênis é quando há algum problema de saúde como disfunção erétil, doenças sexuais etc.. Mas, o tamanho pênis nunca separa um casal.

Você sabê o que é estrogênio? Você sabia que você precisa manter seus níveis saudáveis? Clique aqui para saber mais.

Porquê devo manter meus níveis de estrogênio saudáveis?

A fim de manter uma boa saúde, independentemente do nível individual de igualdade de estrogênio é muito importante. Nem mais nem menos é bom para cada indivíduo também.

Por que o estrogênio é bom para o organismo?

EstrogênioO nível não regulado de estrogênio no corpo pode causar perturbações em certas funções corporais. Embora, em homens, em alguns casos, o nível desse hormônio pode ser observado como declínio, já é sabido as mulheres têm mais oscilações no nível de estrogênio em alguns estágios de suas vidas.

Quando as mulheres engravidam, certas mudanças no hormônio ocorrem. Na menopausa, mudanças nos corpos das mulheres acontecem quando o estrogênio deixa de ser produzido para sempre. Nessa fase, as mulheres sofrem também alterações psicológicas.

Portanto, a estimulação do hormônio precisa ser feita. O estrogênio é o hormônio natural muito importante, essencial para homens e mulheres.

Mas, em comparação com os homens, as mulheres precisam de muito mais do estrogênio.

Elas precisam desse hormônio natural para várias funções internas em seu corpo. É absolutamente essencial quando se está no processo de conceber um bebê e continuar a ter qualidade de vida na fase da menopausa

Por isso, é indicado verificar o nível de estrogênio e medidas para que fiquem regulados.

Consulte um médico

Consulte um médico

As pessoas geralmente vão a um médico quando eles têm dúvida se há algo está errado com sua saúde. Da mesma forma, se você achar que o seu corpo tem baixos níveis de estrogênio, precisa consultar um especialista.

Não é bom ter quantidade em excesso ou baixa. Se uma mulher tem muito desse hormônio no corpo, ela pode acabar com câncer de mama, distúrbios menstruais ou cistos globais.

O médico pode prescrever vários exames para verificar o nível de estrogênio em seu corpo.

Normalmente, uma senhora deve ter o nível de 50 pg / ml de estrogênio – 400pg / ml antes de estar na fase da menopausa.

É através do médico que também será possível tomar ou não algum medicamento para aumentar esse hormônio.

Existem hoje em dia muitos medicamentos chamados de viagra feminino. Entretanto, seu consumo deve ser acompanhado junto com o médico responsável.

Caso opte por algum medicamento ou suplemento, opte pelos que são feitos naturalmente. Hoje em dia existem alguns suplementos que se enquadram como viagra feminino natural por justamente ser feito com ingredientes naturais.

Exercício moderado

De acordo com estudos, o excesso de exercício pode diminuir os níveis de estrogênio em um indivíduo. É bastante saudável exercitar-se todos os dias, isso reduz ainda mais o risco de câncer de mama em uma mulher. Então, se seus níveis estão baixos procure não exercitar demasiadamente.

Pare de fumar

O tabagismo é sempre desencorajado, mesmo, se você não fume frequentemente. O cigarro reduz a capacidade do indivíduo para efetivamente absorver o estrogênio.

Muitas mulheres estão acostumadas a fumar regularmente. Mas, isso dará origem a distúrbios menstruais, menopausa precoce e infertilidade.

Alimentação saudável para controlar os níveis de estrogênio

É importante que você evite todos os tipos de alimentos com alto teor de açúcar e carboidratos. É sempre melhor consumir produtos alimentares ricos em fibras e com baixo teor de gordura, como o alho, para gerenciar o nível de estrogênio no corpo.

Você também pode continuar a comer proteína magra na sua dieta.

É aconselhável também consumir produtos alimentares obtidos naturalmente das plantas.

Os alimentos ricos em fitoestrógenos são muito essenciais para obter estrogênio equilibrado. Alguns dos produtos alimentares nesta categoria incluem soja, legumes, etc. Eles contêm isoflavonóides.

Os alimentos que contêm lignanos, como frutas, legumes, feijões são essenciais para mulheres com menos estrogênio.

Você também pode consumir alimentos que são ricos em coumestan. Alguns exemplos são o feijão lima e ervilhas.

No vídeo abaixo é falado sobre alguns outros alimentos que contém estrogênio. Veja:

Sementes de linho

Geralmente, as sementes de linho são ricas em ácidos graxos ômega-3. Também é muito rico em fitoestrógenos e lignanos.

Você pode consumir 60 g de linhaça por dia para ajudar a manter o estrogênio apropriadamente em seu corpo. Junto com o leite de soja é muito benéfico nesta situação.

Leite de soja

O leite de soja é um importante remédio natural que ajuda no controle do estrogênio. Você pode consumir a soja na refeição diária.

Uma vez que os produtos que contêm soja têm uma boa quantidade de fitoestrogênio e isoflavonoides que são fontes do estrogênio no corpo será bastante fácil.

Vitaminas

Comprimidos de vitamina C estimulam o estrogênio, também é importante consumir alimentos ricos em vitamina C como pêssegos, tomates, cenouras, feijão de lima, laranja, kiwi, etc.

Os alimentos ricos em vitaminas do complexo B encontrados em uma variedade de frutas naturais. Alguns desses alimentos incluem legumes, batatas, aveia, atum, bananas, etc.

Benefícios do alho que você provavelmente não sabia

AlhoO alho é um alimento muito comum e muito fácil de se encontrar. Porem, poucas pessoas sabem os benefícios do seu consumo.

Por isso, separamos uma lista de benefícios desse importante alimento que poucas pessoas não sabem. Confira:

O alho é um alimento muito nutritivo

Para quem busca ter uma saúde mais saudável e uma dieta mais equilibrada. O alho pode te ajudar muito. Pois uma pequena porção desse alimento carrega grandes quantidades de proteínas, manganês, vitamina B6, vitamina C, selênio, fibras, cálcio, cobre, potássio, fósforo, ferro e vitamina B1.

Além disso, o alho contém traços de vários outros nutrientes, sendo um alimento que carrega quase tudo o que precisamos para termos uma vida saudável.

Ele reduz a pressão sanguínea

Pressão arterialDe acordo com o Ministério da Saúde mais de 300 mil pessoas sofrem infartos todos os anos; em 30% dos casos o ataque cardíaco é fatal.

De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde, as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo. Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu o dia 29 de setembro como Dia Mundial do Coração, para alertar as pessoas sobre os cuidados com o órgão.

E ter o consumo regular do alho pode te deixar longe dessa triste estatística. Isso porquê o alho ajuda reduzir a pressão arterial, ou seja, ele combate a hipertensão que é a principal causa dessas doenças.

Melhora o desempenho sexual

O alho pode ser um ótimo estimulante sexual para os homens. Isso deve pelo fato do alimento aumentar os níveis de testosterona e melhorar a circulação sanguínea que estimula a produção do corpo nítrico de enzimas e sintase de oxido, que pode melhorar a libido.

Além disso, devido a melhora da circulação sanguínea o alho também pode ajudar aqueles que buscam uma maneira de como engrossar o pênis, pois assim chega mais sangue ao pênis deixando-o mais ereto e consequentemente maior e mais grosso.

Estudos recentes também mostraram que o consumo regular de alho na alimentação masculina também pode combater a disfunção erétil e até mesmo a ejaculação precoce.

Combate o colesterol alto

O colesterol é um tipo de gordura presente nas células, fundamental para o bom funcionamento do organismo. No entanto, ter os níveis de colesterol total alto no sangue aumenta o risco de doenças cardiovasculares e, por isso, é importante que seus valores estejam equilibrados. E consumir alho regularmente pode te ajudar nisso.

Isso porquê o alho ajuda diminuir o colesterol ruim (LDL) que é quando começa a haver deposição de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, formando placas de gordura que, com o tempo, podem dificultar a passagem do sangue e levar a um ataque cardíaco ou AVC.

Ajuda desintoxicar o corpo

Desintoxicação do corpoPor conter antioxidantes o alho ajuda desintoxicar o corpo. Isso é o que mostra um estudo que relatou que em doses elevadas, os compostos de enxofre do alho podem proteger os órgãos contra danos tóxicos dos metais pesados.

Além disso, os antioxidantes do alho podem ajudar a prevenir doenças cerebrais comuns, como a doença de Alzheimer e demência.